sábado, 18 de agosto de 2007

FLORENÇA – MILAO - LISBOA

Na manhã seguinte, decidimos ir dar uma volta de bicicleta e é de facto muito produtivo, conhece-se mais coisas em menos tempo e com menos esforço.

Decidi comprar uma pintura de duas africanas em plena planície africana, uma pintura lindíssima, que mais tarde vim a deixar esquecida em Milão, ainda agora tenho pena de a ter esquecido no carrinho da bagagem...


Florença (em italiano Firenze e em latim Florentia) é um município italiano, capital da região da Toscana e da província homónima, com cerca de 356.118 habitantes. Estende-se por uma área de 102 km2, tendo uma densidade populacional de 3453 hab/km². Faz fronteira com Bagno a Ripoli, Campi Bisenzio, Fiesole, Impruneta, Scandicci, Sesto Fiorentino.


Florença foi durante muito tempo considerada a capital da moda. É considerada o berço do Renascimento italiano, e uma das cidades mais belas do mundo. Tem cerca de 829 mil habitantes.



Destacam-se as diversas e belíssimas catedrais de épocas e estilos diferentes. A cidade também é cenário de obras de artistas do Renascimento, como Michelangelo, Leonardo da Vinci, Giotto, entre outros.


A Grande Sinagoga de Florença, também conhecida como Tempio Maggiore, Templo Principal, é considerada uma das mais belas da Europa.



Ao final da tarde o João arrancou para Nice, e eu e o David Fomos comprar os bilhetes de comboio para Milão, pois partiríamos no dia seguinte de Milão para Lisboa.


Chegados a estação dos comboios, e quando nos dirigíamos a maquina para comprar os bilhetes, uma Peruana pediu-nos uma esmola e o David deu-lhe 50 cêntimos, mantendo-se perto de nós encostada a máquina.

Enquanto fazíamos a reserva dos dois bilhetes o tempo de compra expirou e a operação foi anulada, começamos a procurar o local onde a máquina iria devolver as notas e para grande espanto nosso a máquina tardava em devolver o dinheiro, existindo uma pequena área que não conseguíamos ver porque a Peruana estava a tapar, quando a desviamos, já ela tinha as notas todas na mão! Sem comentários...




Posto isto, esperamos pelo comboio que nos levaria até Milão onde iríamos no dia seguinte apanhar o avião para Lisboa. A viagem durou cerca de 3 horas, pelo meio uma região montanhosa com uma paisagem interessante, uns minutos a dormir e lá chegamos ao nosso destino final.

Chegados a Milão deixamos as malas na estação de comboios, têm uma área precisamente para os turistas poderem guardar a bagagem e fomos dar uma volta pela cidade aproveitando para jantar, jantamos próximo da
Piazza Duomo.



Já depois de jantarmos e depois de termos andado por aquela zona a passear e a tirar alguma fotos e já bastante tarde decidimos ir-nos dirigindo para a estação dos comboios, como íamos fazer directa, estávamos com tempo e fomos a pé, grande esticão :o)


Chegados a estação, decidimos encostar um bocado e sem darmos conta adormecemos, pouco depois tenho a sensação que me estão a mexer nos óculos que tinha ao pescoço, mas o sono era tanto que nem liguei, mas meio segundo depois caí em mim e pensei “estão-me a roubar os óculos!!!” e assim era, acordei sobressaltado e ainda consegui agarrar e puxar o ladrão para o chão.
Ainda sem perceber bem o que se estava a passar, a minha reacção foi olhar para todos os lados para perceber se ele estava sozinho ou acompanhado, nesse momento o David acordou, e também sem perceber o que se estava a passar, voltou a dormir, mas também no segundo seguinte voltou a acordar, a perguntar o que se passava.

Mas tudo acabou bem, eu tirei-lhe os óculos sem ele oferecer qualquer tipo de resistência e ele foi-se embora...


Pouco depois a Estação abriu e fomos para dentro, onde voltamos a adormecer e onde estivemos até de manhã, quando levantamos as malas e fomos de autocarro para o Aeroporto.
Chegados ao Aeroporto, tomamos o pequenos almoço, fizemos o check in e esperamos até embarcarmos para Lisboa. Estávamos de volta, percorridos mais de 4000 Quilómetros, distribuídos por 7 tipos de transporte, estivemos em mais de 20 cidades e 7 Países.

4 comentários:

mikles disse...

BOa tarde
cheguei ao vosso blog agora e gostei bastante das peripécias contadas :D

em abril eu e 1 amigo vamos de Lx-milão-florença-milão-lx (um pouco ao contrário do vosso percurso)

como queremos partir de milão para florença bem cedo apanhando o 1º comboio que é às 5H45 da manhã gostava de saber segundo a vossa experiência a que horas a estação abriu para irmos para lá pernoitar e madrugar.

Ah e já agora havia algum sítio seguro para se dormitar?

Por último na estação há algum sítio seguro (tipo cacifos) para guardar malas (neste caso é um malão bem grande)?

Cumprimentos
Miguel ;)
Ah deixo-vos o meu mail: miguelantunes_87@hotmail.com

Trufas disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Sara disse...

Locais que todos devem ser capazes de cumprir um dia, e eu tive sorte o suficiente para visitar, mas acho que em algum momento eu gostaria de fazer outras coisas também, talvez, viver um ano fora daqui, espero conseguir Seleção exclusiva de apartamentos em Buenos Aires

Marta Pereira disse...

Olá, visitem o meu blog e deixem feedback MartinhaCia obrigada meninas ☺